ONLINE
2
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  The best bookmakers at: I want to seize these offers now!

Coisas que demorei para aprender – Parte V

Coisas que demorei para aprender – Parte V

Manter os pés no chão quando atravessamos uma fase boa no poker, é tão ou mais importante do que saber lidar com as derrotas.

por Academia   |   Comentários 0

Todos sabemos que é importante manter um correto equilíbrio no poker entre não se abalar com as derrotas sofridas, e manter os pés no chão quando atravessamos longos períodos de vitorias.

Conheço muitos bons e experientes jogadores de poker, que simplesmente perderam a noção de sua realidade financeira por estarem atravessando longas fases positivas. Seu winrate por hora, durante semanas ou meses, superava aqueles que eles possuíam em suas bases de dados. Então, eles passaram a gastar mais, e viver dentro daquele cenário financeiro recente e curto. Nem é preciso dizer que eles tiveram sérios problemas para se reestabelecer economicamente. Claro que existem vários jogadores que estão em processo de evolução técnica e passam a ganhar mais dinheiro, mas é preciso muita cautela e amostragem para saber o quão vencedor, de fato, você é.

Não irei entrar em números de mãos jogadas para se ter uma adequada noção de quanto você ganha, já que isto é extremamente relativo e depende de uma série de variáveis. Mas, dentro desse cenário, sugiro sempre muita cautela. Mal gerenciamento de bankroll é um problema que vários regulares de poker enfrentam. Na verdade, me arrisco a dizer que um percentual realmente alto de jogadores vencedores e conhecidos não gerenciam seus bankrolls adequadamente, mas isso é assunto para outro artigo. Aqui, vamos nos ater a manter os pés no chão durante upswings longos.

Quando você atravessa um período longo de vitorias, é normal achar que joga mais do que realmente joga. Você passa a achar o field mais soft e crê que vai ganhar mais dinheiro do nunca. Na verdade, é justamente nesse momento que muitas carreiras promissoras sofrem seu primeiro ou derradeiro baque. Meu conselho, portanto, é: mantenha os pés no chão, sempre! Da mesma forma de downswings não devem mexer com sua confiança, períodos de upswing não podem servir para que você perca a noção da realidade.

Ter amigos que jogam poker e sejam experientes, pode ser uma poderosa ferramenta para superar e combater isso. Converse com eles sobre a fase que está passando, como tem ganhando frequentemente, seus planos a curto e médio prazo. Seja humilde o suficiente para reconhecer quem é melhor e pedir conselhos. Eu realmente acredito que a comunidade do poker segue sendo acessível e unida.

Por fim, antes de você fazer move ups ou começar a gastar mais do que o normal, eu sugiro se basear sempre em uma base de dados confiável e ampla, para ter adequada noção de seu winrate. Como não canso de dizer, poker é volume e amostragem. Sem estes dois pilares, estamos navegando em um barco sem leme.
, , , ,

Partilhar "Coisas que demorei para aprender – Parte V" via:

Enviar comentário

Comentário (1)


  1. Marcelo 20 18 Mai 2020 - 12:56
    Eu acho essa base de experiencia fantastica, e que é bem eficaz em outros meios.
 
p