ONLINE
2
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  The best bookmakers at: I want to seize these offers now!

Coisas que aprendi com o poker – Parte I

Coisas que aprendi com o poker – Parte I

Sem qualquer sombra de dúvidas, o esporte me ensinou valiosas lições que levo para minha vida pessoal.

por Academia   |   Comentários 0

Poker é um jogo extremamente complexo e com infinitas variáveis. Durante meus mais de 18 anos de experiência no esporte, certamente aprendi muitas coisas que levo para minha vida pessoal.

Uma das mais importantes e que vem instantaneamente à minha cabeça, é não se basear por resultados, mas sim tentar tomar sempre as melhores decisões. No poker, você aprende que não há como controlarmos os resultados de nossas mãos e sessões, nos competindo exclusivamente tomar, diariamente, boas decisões. Winrate positivo nada mais é do que consequência dessas decisões corretas.

Conheço muitos jogadores que, mesmo após anos de esporte, não conseguem conter suas emoções de forma adequada quando as coisas não saem da forma esperada. No fundo, eles ainda não compreenderam que é impossível controlar determinadas coisas no poker.

A partir do momento que passei a dar importância exclusivamente para as coisas que eu podia controlar, não somente o poker, mas a vida se tornou mais leve e fácil de ser conduzida.

Na verdade, se pensarmos de forma lógica e com a cabeça aberta, é fácil constatar que não existem razões para que fiquemos abalados com questões que fogem do nosso alcance. Isso só torna nossa rotina mais pesada e com problemas desnecessários. No poker, as coisas acontecem da mesma forma. Não há porque ficarmos tiltados com resultados de mãos que não temos como controlar. Equidades pequenas, exatamente dentro de suas frequências, irão ser realizadas. Isso é matemática pura e não há como ser combatida.

Portanto, guarde sua paciência e energia para coisas realmente importantes, e cujo resultado somente você pode conduzir. Em relação ao poker, estabeleça metas de volume, estudo e debate de mãos com jogadores que você conhece e respeita. Metas financeiras, nesse esporte, só servem para causar frustrações, uma vez que é impossível controlar o resultado de suas sessões.

Por fim, essas experiências e lições que o poker me ensinou, certamente mudaram minha visão em relação a uma série de problemas cotidianos. Passei a me importar, de fato, somente com coisas que estão ao meu alcance, e isso, invariavelmente, elevou minha qualidade de vida e interferiu positivamente em meu humor e relações pessoais.

Foque no que você pode controlar, esqueça coisas que não estão ao seu alcance e não dependem de você, tenha uma vida mais feliz e saudável, eleve seu nível de jogo nas mesas. 
 
Daniel Dornelles
, , , , ,

Partilhar "Coisas que aprendi com o poker – Parte I" via:

Enviar comentário

Comentário (1)


  1. Rajey O Rapper 02 Jun 2020 - 23:38
    Sensacional
 
p