ONLINE
6
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Libratus destrona humanos


Libratus destrona humanos

Depois de 20 dias e 120. 000 mãos, o bot do póquer vence o desafio “Brains vs Artificial Intelligence”.

Os derrotados Jason Les, Dong Kim, Daniel McAulay e Jimmu Chou em entrevista a Doug Polk.

Era considerado o único em que o ser humano ainda se podia gabar da sua invencibilidade. No entanto, agora a “máquina”, perita em fazer bluff, coloca a um canto quatro dos melhores jogadores de póquer a nível mundial.

O desafio, realizado em Filadélfia, nos Estados Unidos, estendeu-se por 20 dias e terminou esta terça feira, com a vitória clara de Libratus. O humano já tinha sido derrotado por bots em diversos jogos, como no xadrez e nas damas, mas a vitória no póquer é vista como um sucesso bastante expressivo, por se tratar de um jogo complexo, em que se tem de tomar decisões com base na leitura do comportamento de cada adversário.
 

É a primeira vez que uma IA foi capaz de vencer os melhores humanos em Texas Hold’em Heads Up sem limites. Em termos gerais, isso mostra que a habilidade da IA de raciocínio estratégico sob informações imperfeitas ultrapassou a dos melhores humanos”, refere Thomas Sandholm, um dos professores responsáveis pela pesquisa.
 

Os quatro jogadores derrotados tinham algo em comum: o professor Doug Polk, um dos melhores profissionais na área a nível mundial. Desta vez ficou de fora, mas foi em 2015 que Polk e a sua equipa venceram a Claudico, bot precedente a Libratus.

Confere a entrevista que os quatro adversários de Libratus cederam a Doug Polk no último fim de semana do duelo:



brains vs artificial intelligence, daniel mcaulay, dong kim, doug polk, jason les, jimmu chou, libratus

Partilhar "Libratus destrona humanos" via:

Enviar comentário

Comentário (0)