Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Governo irá apurar acordos de clubes com casas de apostas

Governo irá apurar acordos de clubes com casas de apostas

Governo brasileiro irá analisar acordos de clubes com casas de apostas.

por Academia   |   Comentários 0
sexta, setembro 2 2022

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, na última terça-feira, dia 30 de agosto, entrou em contato com 40 clubes de futebol brasileiro, 13 federações e o Grupo Globo para recolher informações sobre os acordos feitos com casas de apostas. De acordo com informações reveladas, as entidades acionadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública devem enviar os contratos realizados para o Governo Federal do Brasil, para análise.
 
Faça parte do nosso canal no Telegram - Clicando AQUI!

Uma das partes acionadas foi a própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para encaminhar informações sobre os contratos firmados com casas de apostas. É válido dizer que a CBF é a entidade responsável pelos seguintes campeonatos no Brasil: Paranaense, Paulista, Carioca, Goiano, Sul Mato-grossense, Alagoano, Baiano, Cearense, Paraibano, Pernambucano, Potiguar e Sergipano. Além disso, os times de futebol presentes na CBF, seja na primeira ou segunda divisão do Brasileirão, foram acionados para prestar relatórios sobre os acordos com casas de apostas.
 
Confira todos os JOGOS DE HOJE e acompanhe ao vivo!

Em análise, os clubes da Série A que devem encaminhar informações para o Governo Federal do Brasil são: América-MG, Athletico-PR, Atlético-GO, Atlético-MG, Avaí, Botafogo, Red Bull Bragantino, Ceará, Corinthians, Coritiba, Cuiabá, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Internacional, Juventude, Palmeiras, Santos e São Paulo.
 
Enquanto isso, os clubes da Série B que precisam informar ao Governo Federal seus acordos com casas de apostas são: Bahia, Brusque, Chapecoense, CRB, Criciúma, Cruzeiro, CSA, Guarani, Grêmio, Novorizontino, Ituano, Londrina, Náutico, Operário, Ponte Preta, Sampaio Corrêa, Sport, Vasco, Vila Nova e Tombense.
 
A ação tomada para essa situação foi devido à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), para saber quais entidades de apostas possuem acordos com times de futebol, já que boa parte das operadoras são do exterior. Além disso, é importante dizer que o sistema de apostas de quota fixa, que existe no Brasil, ainda não possui uma regulamentação definitiva. E, devido a isso, a ação está procurando saber o que há inserido nos acordos entre entidades de apostas e os grupos citados do futebol brasileiro.
 
Em análise da própria Senacon, há grandes suspeitas de que as práticas de acordos de apostas estão sendo firmados sem uma devida autorização, controle, fiscalização e prestação de contas. Além disso, em um estudo recente foi informado que o mercado de apostas pode movimentar de R$ 12 mil milhões a R$ 15 mil milhões até o encerramento da temporada do futebol de 2022, no Brasil.
 
Além disso, é muito importante lembrar que os times brasileiros, recentemente, bateram recorde de liderança com parcerias com casas de apostas. De acordo com informações, na Série A do Brasileirão, o Athletico-PR foi o último clube a firmar um acordo com uma operadora de apostas, o que resultou nos 20 times presentes no Campeonato terem algum vínculo com alguma casa de apostas esportiva.
 
A nível de curiosidade, 19 dos 20 clubes da Série A expõem as marcas de suas parcerias de apostas em seus respectivos uniformes. O único clube que não faz uso dessa prática é o Palmeiras, mas mantém uma parceria em um outro segmento, no caso, em seu elenco de futebol feminino.
 
Visto isso, os times do futebol brasileiro são líderes nesta questão de parcerias com empresas de apostas, ficando à frente de ligas como: Liga Portuguesa, Premier League, Ligue 1, Argentina, Bundesliga, La Liga e Calcio. A nível de curiosidade, o segundo lugar nessa questão é a Liga Portuguesa, de Portugal, onde dos 18 times participantes no campeonato, 16 possuem algum tipo de acordo com operadoras de apostas esportivas. Sendo assim, os times brasileiros são líderes em acordos com casas de apostas esportivas.
 

apostas esportivas futebol brasileiro, notícias apostas esportivas, times brasileiros patrocínios operadoras apostas

Comentário (0)