ONLINE
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Presidente da Ferrari prevê dificuldades

Presidente da Ferrari prevê dificuldades

John Elkann, presidente da Ferrari prevê dificuldades para o futuro; confira detalhes.

por Academia   |   Comentários 0

A fabricante italiana, Ferrari, prevê dificuldades para as próximas corridas do circuito. De acordo com uma entrevista cedida pelo atual presidente da companhia, John Elkann, lamentou os diversos erros estruturais cometidos nos últimos tempos.
 
"Tivemos vários problemas que não conseguimos resolver na aerodinâmica do carro e na potência do motor".
 
O momento é complicado para a Ferrari, porém, John Elkann projetou que para 2022 a equipe possa voltar com tudo.
 
"O nosso momento esportivo é difícil. Tivemos ciclos vencedores da Red Bull por sua capacidade de aerodinâmica e da Mercedes por sua habilidade com a tecnologia do motor híbrido. Este ano não somos competitivos por erros na construção de nosso monoposto".
 
Mas sem perder as esperanças, o presidente acrescentou que "Vamos dar tudo a cada corrida nesses últimos meses de 2020 e na temporada toda de 2021 para voltarmos muito competitivos em 2022, quando teremos novas possibilidades e alternativas. É preciso muita paciência".
 
Aproveitando o espaço, o presidente elogiou o piloto Lewis Hamilton (Mercedes): "É excepcional, poderá ser o maior ganhador da história. Sua contratação feita pela Mercedes junto à McLaren não foi fácil, não era algo óbvio, mas foi uma decisão muito acertada. E admiro muito seu compromisso civil".
 
A projeção para a Ferrari voltar em peso em 2022 é devida as novas regas que começarão a entrar em vigor, pois de acordo com o presidente, a Ferrari está abaixo das demais equipes em quesito de velocidade.
 
"Tivemos uma série de fragilidades estruturais que existem há algum tempo na aerodinâmica e dinâmica do veículo. Também perdemos a potência do motor".
 
“A realidade é que nosso carro não é competitivo".
 
O atual piloto da Ferrari, Charles Leclerc, conseguiu alcançar a segunda posição durante o GP da Áustria, ficando atrás do piloto da Mercedes, Valtteri Bottas. Com isto, o comentário do presidente sobre a situação atual da companhia foi de "Este ano não somos competitivos, principalmente devido a uma série de erros de design no carro".
 
Um dos maiores problemas que a Ferrari enfrenta é dentro do departamento de esportes.
 
"Não conquistamos o Campeonato Mundial de Construtores desde 2008 e o Campeonato de Pilotos desde 2007".
 
Porém, John Elkann está depositando uma imensa confiança no engenheiro da equipe, Mattia Binotto, para o futuro da empresa.
 
"Estamos preparando as bases para sermos competitivos e começarmos a vencer novamente quando as regras mudarem em 2022".
 
"Confiança total! Tem todas as habilidades e características para abrir um novo ciclo de vitórias".

Novo formato das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

, , , , ,

Partilhar "Presidente da Ferrari prevê dificuldades" via:

Enviar comentário

Comentário (0)