Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Paulistão: fique por dentro dos protocolos da FPF

Paulistão: fique por dentro dos protocolos da FPF

“Ainda estamos estudando e discutindo a viabilidade de algumas situações. O fato é que vai mudar muito a cultura como um todo”.

por Academia   |   Comentários 0

O novo protocolo médico proposto pela Federação Paulista de Futebol (FPF) ao governo do estado de SP em relação ao retorno do Paulistão, diz respeito aos participantes dos clubes e equipes de arbitragem estejam isoladas durante o processo final do estadual.

Houve até mesmo a proposta de que não houvesse comemoração durante os gols para evitar a aglomeração entre os jogadores.

Na última segunda-feira, os dirigentes da FPF e os demais presidentes dos 16 clubes decidiram através de uma reunião continuar sem estimativas de retorno aos treinos de seus clubes, até o momento em que as autoridades sanitárias permitirem a liberação da situação. Já foi decidido que mesmo se o futebol voltar, tudo será realizado de portões fechados e sem torcidas.

Como sabemos, as diretrizes irão seguir os métodos de segurança sendo obrigatório o uso de mascaras na maioria das situações, testes frequentes em jogadores, números restritos de jogadores nos treinos e durante os jogos, assim como demais pessoas envolvidas no trabalho.

"Tudo o que foi colocado no protocolo é uma recomendação da FPF para aos clubes. Caberá a cada um deles acatar dependendo da sua realidade. Mas todos os médicos do Campeonato Paulista já se posicionaram favoráveis às medidas, e isso me deixou muito satisfeito" - Comentou o ortopedista Moisés Cohen, atual presidente do Comitê Médico da Federação Paulista de Futebol.

No momento há outras medidas sendo cogitadas, como os jogadores usarem mangas compridas e luvas durante os jogos, assim como dito antes, não haver comemorações durante os gols.

"Ainda estamos estudando e discutindo a viabilidade de algumas situações. O fato é que vai mudar muito a cultura como um todo. Uma comemoração de gol, por exemplo, aumenta a exposição ao risco de contaminação. Claro que em situações como disputa no alto de um escanteio, o contato é inevitável. Mas ainda vamos analisar medidas educativas para que sejam sugeridas. São pontos de conscientização, não regras".

O protocolo citado também adere outras orientações referente as Federações Portuguesa e Espanhola, limitando o número de funcionários em 170 indivíduos envolvidos durante a realização das partidas como equipes de apoio, limpeza, arbitragem, seguranças, profissionais de saúde e etc.

Haverá também o fornecimento de itens de segurança como, EPIS, máscaras, álcool gel, kits de testes e termômetros para os funcionários envolvidos. Em relação ao uso de máscaras, Cohen diz que não será obrigatório para os jogadores que estiverem dentro do gramado.

"Fora isso, até a bola rolar, todos vão precisar estar de máscaras. Durante o jogo, os jogadores no banco também precisam usar as máscaras." - Diz ele.

Além disto, o médico recomenda para que os jogadores não cuspam no gramado e muito menos reclamem perto dos árbitros e evitar de comemorações calorosas quando fizerem gols.

"São todas medidas que ainda estamos discutindo. São coisas que não estão na regra de um torneio que já começou, então o descumprimento não pode ser passível de punição. Talvez em competições futuras virem regras em regulamento, mas seriam situações de conscientização diante do cenário que estamos vivendo. Uma comemoração de gol como estamos acostumados vai contra tudo o que estamos pregando de evitar o contato para diminuir a exposição ao risco de exposição. Mas são questões que ainda vamos estudar e avaliar".
, , , , ,

Partilhar "Paulistão: fique por dentro dos protocolos da FPF" via:

Enviar comentário

Comentário (0)