ONLINE
2
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  The best bookmakers at: I want to seize these offers now!

Frente Parlamentar Evangélica busca ajuda de Católicos para vetar os jogos de azar

Frente Parlamentar Evangélica busca ajuda de Católicos para vetar os jogos de azar

"Eles não vão conseguir instituir essa lei no Brasil", afirma o Deputado Silas Câmara.

por Academia   |   Comentários 0

A Fente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, a qual conta com 193 deputados e 8 senadores está trabalhando fortemente para buscar o apoio de políticas de outras religiões para vetar os projetos que tratam da regulamentação dos jogos de azar no Brasil.

Rodrigo Maia, presidente da Câmara de Vereadores se mostra favorável à regulamentação, ou seja, é a favor dos cassinos. Porém, Silas Câmara, Deputado e também pastor da Assembleia de Deus, reforçou que os jogos de azar não serão legalizados, isso pelo fato de que acredita numa união dessas bancadas.

O parlamentar comentou sobre o assunto:

"O Cassino é sinônimo do que não presta. Traz exploração infantil, drogas, contrabando, corrupção e vício."

"Eles não vão conseguir instituir essa lei no Brasil, porque a Frente Parlamentar Evangélica, a Frente parlamentar em Defesa da Vida e da Família e a Frente Parlamentar Católica vão se unir fortemente contra isso", afirmou Silas Câmara.

Para Silas a afirmação de que a regulamentação dos jogos de azar irá trazer benefícicos para a economia é falsa: "Nos EUA, para cada dólar arrecadado em impostos dos cassinos, a ecomomia de Las Vegas perde US$3 para recuperar as mazelas sociais que o jogo impõe à sociedade."

Em contrapartida, Olavo Falles da Silveira, presidente da Associação Brasileira de Bingos, cassino e Similares (Abrabincs) diz que os jogos de azar impulsoniam a economia e consquentemente o desenvolvimento nacional. Silveira comentou que os fatos apontados pela bancada evangélica não condiz com o segmento, isso porque nos países em que o jogo foi liberado isso não aconteceu.

Segundo Silveira, um grande número de nações que fazem parte da ONU libereram os jogos de azar, mais de 80% das nações. No continente americano somente Cuba, Venezuela e Brasil ainda possuem restrições.

A liberação do jogo trará novos empregos, ajudará a barrar a influência economia criminosa (Mercado Negro) e resultará na elevação da arrecadação tributária, isso é o que afirma o presidente da Abrabincs.

Deputado Bacelar defende a legalização dos Jogos de Azar


, , , , , , ,

Partilhar "Frente Parlamentar Evangélica busca ajuda de Católicos para vetar os jogos de azar" via:

Enviar comentário

Comentários (2)


  1. Sirley Pereira da Silva 13 Jan 2020 - 13:43
    Esses deputados não defendem porque é bom para o Brasil, eles defendem baseado no que eles acreditam.
    Teriam que defender baseado no povo e não neles. Mas fazer o que né
  1. Marcio Estevam 14 Jan 2020 - 14:02
    Nos cassinos sempre a casa tem mais vantagens do que o apostador , junto aos cassinos vem as drogas prostituição e a violência , cassinos no Brasil sou contra, muito diferente das apostas esportivas que é outro patamar mais seguro e confiável.