ONLINE
4
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Brasil atrai principais operadores de cassinos


Brasil atrai principais operadores de cassinos

Os jogos de cassinos ainda são ilegais no Brasil, mas, ao que parece, operadores como Las Vegas Sands, MGM Resorts International e a portuguesa Estoril Sol estão interessados em investir no país.

Segundo informação divulgada pela comunicação social, o magnata de cassinos de Las Vegas - Sheldon Adelson - informou o senador do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, sobre o interesse da sua companhia em construir um resort integrado em $8 bilhões de dólares nesta cidade do litoral. Embora não tenha havido menção específica a um cassino na conversa entre o empresário e o alto funcionário do Rio de Janeiro, é muito improvável que venha a ser incluído um no dispendioso complexo.

Sheldon Adelson é conhecido por ser presidente da operadora de cassinos, Las Vegas Sands. Desde há várias décadas, a companhia vem desenvolvendo e mantendo resorts integrados em Las Vegas, Macau e Singapura. Pode dizer-se que foi precisamente a Las Vegas Sands que introduziu o modelo de cassinos integrados na indústria de cassinos. Em termos gerais, os complexos deste tipo ocupam uma maior área e incluem jogo, entretenimento, alojamento e instalações para convenções, entre outros serviços.

Também se tornou público que a Las Vegas Sands não é o único operador a mostrar interesse em entrar no mercado de cassinos do Brasil. Ao que parece, a MGM Resorts International, a Caesars Entertainment Corp. e a portuguesa Estoril Sol também contactaram altos funcionários da capital Brasília e outras cidades por todo o país sobre a eventual construção de cassinos no país.

O jogo vem sendo um assunto sensível desde há algum tempo no Brasil. Com algumas pequenas exceções, a oferta deste tipo de serviços é ilegal no país e tem sido assim nas últimas sete décadas. Porém, nos últimos anos houve extensas discussões legislativas sobre o futuro da indústria de jogo brasileira. Essas discussões têm sido encorajadas por muitos relatórios e estudos sobre o potencial mercado de jogo no país da América do Sul.

As duas Casas do Congresso estão considerando suas próprias leis sobre o tema. Se aprovadas, legalizariam diversas formas de jogo, incluindo jogos de cassino. Uma proposta do Senado legalizaria a construção de cassinos por todo o país, com o número de cassinos numa cidade ou noutro, dependendo do número de habitantes. Assim, cidades com uma população de 15 milhões poderiam ter um cassino; cidades com uma população entre 15 e 25 milhões poderiam ter dois cassinos; e cidades com mais de 25 milhões estariam habilitadas a ter até três cassinos.

Uma lei de uma das Casas do Congresso também iniciaria o processo de legalização de certas formas de jogo, incluindo opções de jogo on-line e apostas desportivas, cassinos tradicionais terrestres, bem como o Jogo do Bicho.

Ambas iniciativas legislativas necessitam ultrapassar alguns obstáculos. Mas o facto de já terem ganho um certo ímpeto no Congresso e de as maiores companhias de jogo internacionais terem manifestado interesse em operar no Brasil, pode facilitar este esforço legislativo.

 

 Fonte: casinotodo.com

Partilhar "Brasil atrai principais operadores de cassinos" via:

Enviar comentário

Comentário (0)


 
Rivalo apostas esportivas