ONLINE
4
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

A DESPEDIDA DO FENÔMENO


A DESPEDIDA DO FENÔMENO

Com mais de vinte anos de carreira como lutador profissional, o brasileiro Vitor Belfort está muito próximo de encerrar sua trajetória no MMA. Tratando a aposentadoria como uma possibilidade desde a última luta, onde foi derrotado por Kevin Gastelum, Vitor Belfort foi anunciado recentemente no card principal do UFC 212, que acontecerá no Rio de Janeiro. Neste evento, o Fenômeno, como é conhecido, poderá realizar sua última luta e oficialmente pendurar suas luvas.

CAMPEÃO AINDA JOVEM E PERSEGUIÇÃO POR CINTURÃO

No dia 1 de abril de 1977 nasceu Vitor Belfort, na cidade do Rio de Janeiro. Ainda pequeno começou a lutar, iniciando com o judô e depois aprendendo o Jiu-jitsu brasileiro (BJJ), modalidade na qual foi treinado pela lenda Carlson Gracie, foi o lutador mais jovem a receber a faixa preta na história. Já com seus 19 anos, em 1996, Belfort foi para os Estados Unidos, onde fez sua primeira luta no MMA, que ainda era disputado como vale-tudo em um evento chamado SuperBrawl 2, no Havaí, o brasileiro venceu Jon Hess por nocaute com apenas 12 segundos de luta.

Ainda em 1996, o Fenômeno assinou seu primeiro contrato com o UFC, vencendo suas duas primeiras lutas na organização e sendo o lutador mais jovem a vencer no UFC, com apenas 19 anos. No ano seguinte, Belfort tornou-se o mais jovem campeão da história do UFC, conquistando o UFC 12, o primeiro evento da organização que contou com divisões de peso, onde o brasileiro ficou nos pesos pesados. Vale destacar que o próprio UFC não reconhece essa marca de Belfort, já que o UFC 12 foi realizado com um formato diferente com os eventos atuais, realizando varias lutas no mesmo dia com os mesmos lutadores.

Depois de uma vitória sobre o brasileiro Wanderlei Silva, que marcou sua estreia nos meio-pesados no UFC, Belfort deixou a organização em 1999 para lutar pelo Pride (no Japão), onde fez cinco lutas, vencendo quatro delas. Três anos depois, Belfort retornou ao UFC com uma derrota para o norte-americano Chuck Liddell no UFC 37.5. No ano seguinte, o brasileiro voltou a vencer, derrotou Marvin Eastman no UFC 43, recebendo uma chance de disputar o cinturão dos pesos meio-pesados.

Na mesma época em que lidava com o drama do desaparecimento da sua irmã, Vitor Belfort disputou pela segunda vez um cinturão contra Randy Couture, por quem foi derrotado em 1997 na disputa pelo título dos pesos pesados. Lutando novamente contra o norte-americano, dessa vez pelo cinturão dos meio pesados, o brasileiro venceu a luta rapidamente com um nocaute técnico aos 49 segundos, consagrando-se assim o campeão da categoria. Alguns meses depois, porém, Belfort foi derrotado por Randy Couture na disputa do mesmo cinturão, no UFC 49 por interrupção médica (TKO). Na sequência, fez algumas lutas por outras organizações, como Strikeforce e Cage Rage, onde foi campeão dos pesos meio-pesados.

Já em 2009, Belfort voltou ao UFC, renovando seu contrato com a organização e vencendo Rich Franklin no UFC 103 no seu retorno. Nas lutas seguintes, o brasileiro fez doze combates, sendo três delas disputas do cinturão de diferentes categorias. Na primeira disputa, foi derrotado por Anderson Silva (cinturão dos pesos médios), depois perdeu para Jon Jones (cinturão dos pesos meio-pesados), e por fim, perdeu para Chris Weidman (cinturão dos pesos-médios).

Atualmente, Vitor Belfort tem um cartel de 25 vitórias e 14 derrotas, sendo que suas vitórias foram conquistadas com 18 nocautes, 4 decisões dos juízes e 3 finalizações, enquanto duas derrotas foram 7 por nocautes, 5 por decisões dos juízes e 2 por finalizações.
 
ÚLTIMA LUTA PROGRAMADA

Neste início de maio, o UFC oficializou a presença de Vitor Belfort no UFC 212, onde o brasileiro enfrentará o norte-americano Nate Marquardt, dia 03 de junho, no Rio de Janeiro. Aos 40 anos, Belfort teve o seu pedido atendido, já que depois da derrota para Kelvin Gastelum, o brasileiro pediu para que a última luta prevista no seu contrato com o UFC acontecesse no UFC 212, uma vez que o lutador nasceu no Rio de Janeiro, onde acontecerá o evento daqui dois meses. “Eu tenho mais uma luta no contrato, gostaria de lutar na minha casa, no Rio de Janeiro, na minha cidade natal”, afirmou o brasileiro.
O anúncio da luta foi feito, como de costume, através da rede social do UFC no Twitter, onde a organização publicou uma imagem promocional do combate. Além da luta entre Vitor Belfort e Nate Marquardt, o UFC 212 contará também a presença de José Aldo, que defenderá seu cinturão dos pesos penas contra Max Holloway. O UFC espera que Anderson Silva também possa comparecer ao evento, porém, ainda procura um adversário para o brasileiro.

 

aposentadoria, ufc, Última luta, vitor belfort

Partilhar "A DESPEDIDA DO FENÔMENO" via:

Enviar comentário

Comentários (3)


  1. solange martins 06 Mai 2017 - 16:34
    Alguém sabe se é normal demorar mais de 2 messes para receber o Prêmio da academia das aposta ?
    Estou perguntando pq o de fevereiro demorou isso e o de março ainda não caiu , se algum adm ler por favor entrar em contado .
    E sobre a luta Berfort vence , até pq ufc é um esporte duvidoso e já deve estar armado essa luta .
  1. Fernando Verchai 07 Mai 2017 - 01:56
    solange escreveu:
    Alguém sabe se é normal demorar mais de 2 messes para receber o Prêmio da academia das aposta ?
    Estou perguntando pq o de fevereiro demorou isso e o de março ainda não caiu , se algum adm ler por favor entrar em contado .
    E sobre a luta Berfort vence , até pq ufc é um esporte duvidoso e já deve estar armado essa luta .

    Olá Solange tudo bem?

    Acesse este link, vai lhe ajudar

    https://www.academiadasapostasbrasil.com/faq/concursos-de-tips/16/quando-pagam-os-premios-serei-avisado


  1. solange martins 07 Mai 2017 - 11:28
    Fernando verchai obrigada pela ajuda , mais por esse motivo mesmo que fiz a reclamação pois está fora do prazo para ser pago .
    Desculpe a todos o inconveniente , mais foi e será preciso para que o site melhore .
 
Rivalo apostas esportivas