ONLINE
117
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Vitor Belfort está próximo da aposentadoria


Vitor Belfort está próximo da aposentadoria

Sem conseguir vencer há três lutas, a lenda brasileira do UFC, Vitor Belfort, anunciou que está prestes a encerrar sua longa carreira de lutador profissional. Com mais de vinte anos de carreira no MMA, O Fenômeno, como ficou conhecido o brasileiro, já tem seu nome marcado na história do UFC e pretende encerrar sua carreira dentro de casa.

APOSENTADORIA

Na madrugada do último fim de semana, Vitor Belfort entrou no octógono para enfrentar o norte-americano Kelvin Gastelum pelo UFC Fight Night 106. Enfrentando um adversário quase 15 anos mais novo, Belfort não conseguiu impor seu estilo de luta e acabou sendo derrotado no primeiro round por nocaute técnico. Com 39 anos, o lutador brasileiro anunciou logo depois da derrota que se aposentará em breve, querendo fazer apenas mais uma luta prevista no seu contrato com o UFC.

“Chegou minha hora de encerrar meu capítulo como lutador profissional. Meu corpo já não é a mesma coisa para o treinamento, é muita dor. São mais de 14 cirurgias que eu já tive. Deixei tudo no octógono, fiquei triste de não dar a vitória para meus compatriotas, mas faz parte. Fazer treinamento para cinco rounds é muito sacrificante no corpo”, afirmou Belfort.

Por ter ainda uma luta a ser disputada pelo UFC, Vitor espera conseguir uma vaga no UFC 212, que será realizado em julho no Rio de Janeiro, tendo como luta principal o confronto entre José Aldo e Max Holloway. “Eu tenho mais uma luta no contrato, gostaria de lutar na minha casa, no Rio de Janeiro, na minha cidade natal”, afirmou Belfort.

Entretanto, a suspensão médica divulgada pela CABMMA (Comissão Atlética Brasileira de MMA) depois do UFC Fight Night 106 poderá complicar a participação do brasileiro no UFC 212, uma suspensão de rotina que acontece normalmente com lutadores após suas lutas. Por conta da suspensão, Belfort não poderá lutar por 45 dias e ficará fora de qualquer exercício físico por 30, ficando livre no dia 11 de abril, menos de dois meses antes do UFC no Rio de Janeiro.
 
O FENÔMENO

Nascido no Rio de Janeiro, Vitor Belfort começou a lutar ainda jovem, primeiramente no judô e depois no jiu-jitsu brasileiro, onde foi treinado por Carlson Gracie, sendo o mais jovem lutador a receber a faixa preta na história do BJJ.

Em 1996, Belfort fez sua estreia em uma competição de MMA, na época ainda como vale-tudo, vencendo Jon Hess por nocaute com apenas 12 segundos de luta no evento SuperBrawl 2. Pouco tempo depois, assinou com o UFC, ganhando o apelido de “The Phenom” (O Fenômeno) por vencer suas duas primeiras lutas na organização e tornar-se o lutador mais jovem a vencer uma luta no UFC. Em 1997, com 19 anos, o brasileiro foi campeão do UFC 12, sendo o campeão mais jovem da história do UFC, algo não reconhecido oficialmente pela organização, uma vez que nesta época o torneio tinha um formato diferente.

Depois de disputar mais algumas lutas pelo Pride, Belfort voltou ao UFC em 2001, sendo derrotado por Chuck Liddell no UFC 37.5 e depois vencendo Marvin Eastman no UFC 43. Já em janeiro de 2004, enquanto vivia o drama do desaparecimento da sua irmã, Belfort disputou o cinturão do peso meio-pesado do UFC contra o norte-americano Randy Couture, vencendo a luta com apenas 49 segundos por nocaute técnico, ganhando o cinturão da categoria. Entretanto alguns meses depois, na revanche contra Couture, Belfort perdeu o cinturão ao ser derrotado no UFC 49. Após algumas lutas por outras organizações de MMA e até uma disputa no boxe, o lutador brasileiro assinou um novo contrato com o UFC em 2009, disputando desde então três vezes o cinturão das categorias peso médio e meio-pesado, sendo derrotado nesses três combates.

Atualmente, Vitor Belfort tem um cartel de 25 vitórias e 14 derrotas, sendo que suas vitórias foram conquistadas com 18 nocautes, 4 decisões dos juízes e 3 finalizações, enquanto duas derrotas foram 7 por nocautes, 5 por decisões dos juízes e 2 por finalizações.

As melhores odds e mercados para apostar no UFC estão na Bet365.

 

carreira, ufc, vitor belfort

Partilhar "Vitor Belfort está próximo da aposentadoria" via:

Enviar comentário

Comentário (0)