ONLINE
1
Menu
Começar Pontos Academia Curso Prognósticos    Análises    Pesquisar Prognósticos Estatísticas de Futebol Estatísticas de Tênis Estatísticas de Basquete Estatísticas de MotorSports Artigos Promoções Concursos Fórum

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Gastelum vai enfrentar outra lenda brasileira


Gastelum vai enfrentar outra lenda brasileira

Aos 25 anos, o norte-americano Kelvin Gastelum está pronto para enfrentar mais um grande lutador brasileiro no UFC. Depois de nocautear o “Fenômeno” Vitor Belfort, no UFC Fight Night 106 de Fortaleza, Gastelum agora tem programada uma luta contra o ex-campeão mundial, Anderson Silva, no UFC 212 em junho no Rio de Janeiro. Vindo de três vitórias na categoria do peso-médio, o norte-americano espera conseguir mais uma vitória sobre um brasileiro.

CONFIRMAÇÃO DA LUTA

Kelvin Gastelum pediu e foi ouvido. Pouco depois da vitória sobre Vitor Belfort em Fortaleza, o lutador norte-americano pediu para enfrentar o ex-campeão dos pesos médios, Anderson Silva. “Eu disse que queria uma luta que me interessasse no peso-médio, e ficaria, e Anderson é um cara que me interessaria muito lutar. É uma combinação de muitas coisas. Um grande nome, outra lenda, ranqueado acima de mim. E eventualmente posso ganhar a disputa de título se ganhar. Não ligo contra quem, quero lutas grandes, caras que estão bem no ranking. Respeito muito o Anderson, é uma lenda, maior de todos os tempos e quero seguir adiante”.

O UFC anunciou o confronto entre Kelvin Gastelum e Anderson Silva no UFC 212, que será realizado no Rio de Janeiro, no dia 3 de junho. Vale lembrar que no mesmo evento, outro brasileiro entrará no octógono, José Aldo enfrentará o havaiano Max Holloway, além do combate feminino entre a brasileira Claudia Gadelha e a polonesa Karolina Kowalkiewicz.

Entretanto, parece que Kelvin Gastelum se arrependeu de pedir uma luta contra uma lenda como Anderson Silva, já que recentemente, o norte-americano afirmou ser “um idiota” por querer lutar contra o brasileiro. “Sabe do que mais? Sou um idiota (risos). Não sei por que (querer lutar com brasileiros no Brasil), mas gostei de toda a experiência. O Brasil foi muito bom para mim, os fãs foram espetaculares. Toda a experiência foi sensacional. Vim aprendendo português e meio que invadi toda a cultura brasileira. Estive no Rio de Janeiro e visitei favelas, conheci o verdadeiro Rio e foi incrível o amor das pessoas. Eles são muito apaixonados”, afirmou o lutador.

GASTELUM E SUA CARREIRA

Nascido no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, Kelvin Gastelum começou ainda jovem a ingressar no mundo do MMA, sendo hoje graduado faixa roxa no Jiu-Jitsu Brasileiro. Aos 22 anos, Gastelum entrou para o TUF (The Ultimate Fighter) 17, realizado em 2013, participando do time do lutador Chael Sonnen. Durante o torneio, Gastelum recebeu uma curiosa ligação da lenda Ronda Rousey, que afirmou que se o norte-americano vencesse sua próxima luta, ela viria ao TUF, o que acabou acontecendo.

Depois de passar por vários adversários, Kelvin chegou a final do TUF 17, vencendo o jamaicano Uriah Hall por decisão dividida e tornando-se campeão do torneio em abril de 2013. Alguns meses depois, o lutador enfrentaria o lutador Paulo Thiago, porém, o brasileiro se lesionou e foi substituído por Brian Melancon, o qual foi vencido por Gastelum com uma finalização ainda no primeiro round. Depois de mais algumas vitórias, Kelvin foi incluído no UFC 180 para lutar contra Tyron Woodley, porém, acabou sofrendo muito para perder peso e não conseguiu bater o peso do meio-médio. Mesmo assim, Gartelum lutou, sendo derrotado por decisão dividida e proibido por Dana White de lutar novamente na categoria.

Depois disso Gartelum enfrentou Nate Marquardt em junho de 2015 no UFC 188, vencendo por interrupção do córner no fim do segundo round. Na sequência, acabou sendo derrotado por Neil Madny em novembro de 2015. Já nas suas últimas três lutas, realizadas pela categoria do peso médio, Gastelum venceu todas elas, uma por decisão unânime, outra por nocaute técnico, incluindo a vitória por nocaute no 1º round sobre Vitor Belfort no começo de março.

Atualmente, Kelvin Gastelum tem um cartel de 14 vitórias e 2 derrotas. Suas 14 vitórias foram conquistados com 6 nocautes, 4 finalizações e 4 decisões dos juízes, já suas derrotas, foram todas por decisão dos juízes, mostrando ser um cara resistente.

As melhores odds e mercados para apostar no UFC estão na Bet365.

 

carreira, kelvin gastelum, ufc

Partilhar "Gastelum vai enfrentar outra lenda brasileira" via:

Enviar comentário

Comentários (0)

Procurar

Rivalo apostas esportivas