ONLINE
5
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

Amanda Nunes é eleita melhor lutadora no "Oscar do MMA"


Amanda Nunes é eleita melhor lutadora no "Oscar do MMA"

Com um ano perfeito, a lutadora brasileira Amanda Nunes teve sua temporada de 2016 coroada com o prêmio de “Lutadora do Ano” no World MMA Awards, o “Oscar do MMA”. Depois de vencer dentro do octógono a ex-campeã Ronda Rousey, a “Leoa Brasileira”, atual campeã do peso-galo feminino, superou a também brasileira Cris Cyborg e outras ótimas lutadoras como Angela Hill, concorrentes ao prêmio.

PREMIAÇÃO DE 2017

O World MMA Awards é conhecido como “Oscar do MMA” por premiar os melhores lutadores durante o ano, assim como o principal prêmio para os filmes. Na história do World MMA Awards, temos vencedores como George St. Pierre, Anderson Silva, Ronda Rousey e Jon Jones. Confira abaixo a lista dos principais prêmios dados no World MMA Awards de 2017:

Academia do ano: American Top Team venceu entre American Kickboxing Academy; Jackson-Wink Arena; SBG Ireland e Team Alpha Male.

Dirigente do ano: Dana White venceu entre Marc Ratner; Jeff Novitzky; Scott Coker e Victor Cui.

Luta do ano: Cub Swanson vs. Doo Ho Choi (UFC 206) venceu entre Conor McGregor vs. Nate Diaz 2 (UFC 202);; Michael Bisping vs. Anderson Silva (UFN 84); Michael Chandler vs. Benson Henderson (Bellator 165) e Robbie Lawler vs. Carlos Condit (UFC 195).

Lutadora do ano: Amanda Nunes venceu entre Angela Hill; Angela Lee; Cris Cyborg e Joanna Jedrzejczyk.

Lutador do ano: Conor McGregor venceu entre Cody Garbrandt; Donald Cerrone; Michael Bisping e Stipe Miocic.

Revelação do ano: Cody Garbrandt venceu entre Derrick Lewis; Doo Ho Choi; Michael Page e Yair Rodriguez.

Retorno/Virada do ano: Miesha Tate (vs. Holly Holm, UFC 196) venceu entre Michael Bisping (vs. Anderson Silva, UFN 84); Nate Diaz (vs. Conor McGregor, UFC 196); Dan Henderson (vs. Hector Lombard, UFC 199) e Dominick Cruz (Career).

Zebra do ano: Michael Bisping (vs. Luke Rockhold, UFC 199) venceu entre Brandon Moreno (vs. Louis Smolka, UFN 96); Bryan Barberna (vs. Warlley Alves, UFC on FOX 18); Joe Taimanglo (vs. Darrion Caldwell, Bellator 159) e Zac Riley (vs. Hugo Viana, RFA 34).

LEOA BRASILEIRA

Passando a ser conhecida mundialmente desde o ano passado, a lutadora brasileira Amanda Nunes está no mundo do MMA há mais de oito anos, desde 2008. Nascida em uma pequena cidade da Bahia, Amanda começou a treinar boxe e jiu-jitsu brasileiro aos 16 anos, por influencia da irmã, que já praticava o BJJ.

Em março de 2008, aos 20 anos, a brasileira fez sua estreia no Prime MMA Championship 2, onde foi derrotada por Ana Maria. Porém, na sequência, Amanda venceu as outras cinco lutas que disputou pela organização, todas por nocaute. Já em 2011, a brasileira estreou no Strikeforce com uma vitória sobre Julia Budd, conseguindo um nocaute com apenas 14 segundos de luta. Ainda em 2011, mudou-se para os Estados Unidos, onde começou a defender a academia American Top Team, equipe na qual permanece até hoje. Depois de um ano lutando pelo Strikeforce, Amanda Nunes foi para o Invicta FC, onde estrou com vitória. A partir daí, a lutadora alternou entre lutas pelas duas organizações. Já em agosto de 2013, a “Leoa” fez sua estreia pela principal organização do MMA internacional, o UFC, vencendo a alemã Sheila Gaff por nocaute técnico no UFC 163. Nas próximas cinco lutas pela organização, Amanda conseguiu quatro vitórias e apenas uma derrota, para Cat Zingano em 2014.

Até que em julho de 2016, vindo de uma vitória no início do ano sobre Valentina Shevchenko, Amanda Nunes disputou pela primeira vez o cinturão do peso-galo feminino no UFC, lutando contra Miesha Tate no histórico UFC 200. Surpreendendo o público, a brasileira finalizou a então campeã ainda no primeiro round com um mata leão, tornando-se a primeira lutadora brasileira campeã no UFC. Alguns meses depois, foi anunciado que a “Leoa” teria o maior desafio da sua carreira até agora, enfrentar Ronda Rousey, a então principal figura do MMA feminino. Tendo a adversária como favorita, Amanda mostrou porque seu apelido é “Leoa” ao partir para cima da ex-campeã e acertar quatro fortes socos, nocauteando Ronda Rousey e mantendo o título do peso-galo no UFC, recebendo ainda o prêmio de “Performance da Noite”. Atualmente, o cartel de Amanda Nunes conta com 14 vitórias e 4 derrotas. Suas vitórias foram conquistadas com 10 nocautes, 3 finalizações e 1 decisão dos juízes. Já suas derrotas foram 2 por nocaute, 1 por finalização e 1 por decisão dos juízes..

As melhores odds e mercados para apostar no UFC estão na Bet365.

 

amanda nunes, carreira, ufc

Partilhar "Amanda Nunes é eleita melhor lutadora no "Oscar do MMA"" via:

Enviar comentário

Comentário (0)