ONLINE
7
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy
           

O que os bots podem - e não podem! - fazer por você


O que os bots podem - e não podem! - fazer por você
Os bots estiveram sempre envolvidos numa aura de mistério e fascinação, encarados muitas vezes como ferramentas mágicas capazes de garantir lucros avultados, verdadeiras "máquinas de dinheiro"! 

Mas a realidade é muito diferente daquilo que se costuma pintar e o objectivo deste artigo é tentar desmitificar esta questão, mostrando de forma clara aquilo que um bot pode - e aquilo que não pode - fazer pelo apostador.


1. Com um bot terei sempre lucro?

  • Mito!

Um bot não faz nada para além daquilo que foi estritamente programado. Se dissermos a um bot que abra uma posição Lay à odd 1.15 na equipa da casa que está a vencer após o minuto 75, ele o fará sem pestanejar e vezes e vezes sem conta - ou até acabar o saldo da tua carteira! Mas quem garante que essa estratégia é de facto vencedora? Quem garante que conseguirei ganhar dinheiro no longo prazo a seguir fielmente esses passos?

Um bot dará lucro sim, desde que esteja programado para seguir uma estratégia que, por si só, seja lucrativa!

Como costumo dizer, o trabalho de se codificar um bot corresponde a apenas 1% de todo o esforço, sendo que os 99% restantes referem-se ao trabalho - muitas vezes ingrato - de desenvolver, testar e aperfeiçoar uma estratégia verdadeiramente vencedora na betfair.

Portanto, se quiser criar um bot, concentre-se primeiro na estratégia e só depois que estiver tudo devidamente afinado é que deverá pensar nos detalhes técnicos relativos à sua programação.

Se consegue obter lucros consistentes com uma estratégia, então terá concluído 99% de todo o trabalho, o que nos leva ao segundo ponto.


2. Qualquer estratégia pode ser codificada num bot?

bots-podem-nao-podem-p1
  • Mito!

Um bot tem limitações importantes que não devem ser ignoradas pelo apostador. Mesmo o mais habilidoso dos programadores terá grandes dificuldades em mostrar a um bot certos aspectos que, muitas vezes, correspondem ao núcleo central de uma estratégia vencedora.

Por exemplo, como mostrar de forma automática a um bot que determinada equipa está a pressionar mais o adversário num determinado momento do jogo? Ou de que forma um bot conseguirá ver que uma das equipas está a procurar mais o golo do que a outra?

Trata-se de uma barreira verdadeiramente intransponível pelo que, se a sua estratégia passa por uma análise subjectiva do momento actual do jogo, então essa estratégia não poderá ser codificada num bot.


3. Com um bot estarei sempre a frente dos demais apostadores?

  • Verdade!

Um bot é rápido! Mais rápido do que qualquer humano um dia poderá ser!

Numa fracção de segundo um bot é capaz de fazer cálculos e comparações entre dezenas de mercados diferentes que um apostador levaria largos minutos para realizar, impedindo-o assim de aproveitar algumas oportunidades verdadeiramente lucrativas. 

No entanto, há um ponto importante e que algumas vezes parece ser negligenciado pelos apostadores: um bot também está sujeito aos 8 segundos de atraso (em jogos ao vivo) entre a colocação da ordem e a efectivação da mesma. Portanto, mesmo que se consiga identificar uma grande oportunidade em 2 ou mais mercados diferentes, o bot levará os mesmos 8 segundos que um humano levará para que a sua ordem seja efectivada.

Em resumo, um bot é rápido sim (super rápido!), mas também está sujeito às mesmas regras e limitações que um apostador humano.


4. Uma vez feito um bot, já não é preciso mexer em mais nada?

  • Mito!

Os mercados da betfair estão em constante mutação! Há uma evolução bastante perceptível na forma como os mercados interagem. O Under Goals continuará sempre a descer conforme o tempo passa, o Over Goals continuará sempre a subir, o Draw continuará a descer (na ausência de golos), etc., etc., etc., mas o lucro vem das subtilezas na movimentação das Odds, e esses movimentos subtis estão sempre a mudar e a adaptar-se, pelo que um bot deverá estar sempre sob constante vigilância.

A adaptação é a chave para o sucesso e o bot que parar no tempo estará fadado ao fracasso no longo prazo.

Facto: A estratégia que hoje funciona às mil maravilhas, amanhã poderá já não funcionar!


5. Apenas programadores informáticos experientes podem criar bots?

  • Mito!

Apesar de ser exigido algum conhecimento mais técnico na programação avançada de bots, nomeadamente em linguagens orientadas a objecto como C#, VB.Net, Java, neste momento existem disponíveis no mercado uma série de aplicações que permitem o desenvolvimento de soluções nesta área, sem que isto exija um conhecimento demasiado técnico. Por exemplo, o betangel permite uma integração muito interessante com o Excel, pelo que bastam alguns conhecimentos básicos de VBA para que seja possível construir bots verdadeiramente interessantes.

No entanto, se o objectivo passa por criar algo mais customizável e aprimorado, o apostador terá que inevitavelmente recorrer a alguma linguagem de programação mais "avançada", mas mesmo nestes casos específicos, e dada a quantidade de módulos gratuitos disponíveis na internet, bastam alguns conhecimentos de nível básico / médio para que o apostador seja capaz de "juntar as peças" e construir algo funcional.


6. Com um bot consigo ser muito mais disciplinado

bots-podem-nao-podem-p2
  • Verdade!

Um bot, desde que devidamente programado tendo como base as saudáveis (e bastante restritivas!) regras de gestão da banca, transforma-se numa ferramenta 100% à prova de crises de pânico, impedindo assim o apostador de avançar com manobras de recuperação de reds verdadeiramente suicidas, como quase todos os dias presenciamos por aqui.

Verdade seja dita, não é fácil assimilarmos um red! O homem é um ser essencialmente emocional e custa muito assumirmos que erramos, mas custa ainda mais sermos confrontados de forma explícita, rude e crua com as consequências deste erro que, no nosso caso, é o red. Portanto, é essa falta de jeito em lidarmos com situações negativas que muitas vezes leva os apostadores a meterem apostas completamente absurdas, na vã esperança de expurgarem o erro recém-cometido. É comum, na tentativa de recuperarem um red de 5% ou 10% da banca, colocarem em risco 50%, 60% ou mais de tudo aquilo que lhes resta na carteira. Infelizmente, na maioria das vezes o resultado tende a ser novamente negativo e a consequência é a bancarrota.

Já um bot não sofre desse mal! Desde que as regras estejam lá, ele as seguirá como um fiel discípulo e não se deixará levar por falsas e potencialmente desastrosas esperanças. Esta é, na minha opinião, uma das principais vantagens da utilização de bots na betfair.



Espero que este artigo tenha ajudado a perceberem melhor o "mundo" dos bots.

Até a próxima!

Bezos

Partilhar "O que os bots podem - e não podem! - fazer por você" via:

Enviar comentário

Comentário (0)