ONLINE
7
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  Visit our site available at: Go to Online Betting Academy

Tópico: Copa Libertadores X Altutude  (Lida 196 vezes)

Offline Trader Reis

  • Tradereis
  • Mensagens: 24
  • Sem saber que era impossível,ele foi lá e fez
    Copa Libertadores X Altutude
    « em: Março 04 2016, 13:58 »
    Altitude Faz tanta diferença ou é mito? A copa libertadores está ai e tem um fator que faz grande diferença nessa competição,a "ALTITUDE". Mesmo se a equipe equipe for muito inferior a outra jogando na altitude vira favorita. O The Strongest da Bolívia é um belo exemplo,jogando em seus domínios pela libertadores ganhou seus últimos 10 jogos. Quando alguém que não está devidamente acostumado a realizar qualquer prática esportiva nessas condições, é normal que se sinta bem mais cansado e que o rendimento abaixe. Muitos sintomas podem aparecer, como: dor de cabeça, náusea,vômitos, tontura, insônia,perda de apetite e até mesmo danos a órgãos e tecidos. Isso tudo acontece por um motivo. Quanto maior a altitude,menor a pressão atmosférica e assim a quantidade de oxigênio presente no ar também diminui, fazendo o ficar rarefeito. Com o ar rarefeito, fica mais difícil para alguns órgãos trabalharem,principalmente o Pulmão, Coração e o Cérebro e principalmente os músculos. A perda de oxigênio faz provocar dores de cabeça, diminuição da coordenação motora e até mesmo pode acontecer alucinações, enquanto em condições normais, o cérebro não tem dificuldades para trabalhar. A frequência cardíaca também aumenta e isso também ajuda os jogadores a perderem o fôlego mais rapidamente. Além disso, a falta de oxigênio também aumenta a quantidade de glóbulos vermelhos presentes no sangue, o que o faz ficar mais espesso. O ritmo da respiração também cresce, provocando uma maior eliminação de gás carbônico, o que faz o pH do sangue ficar mais ácido. Com o pH mais ácido no sangue, os músculos se cansam mais facilmente. Além disso, ainda tem problemas climáticos, pois a temperatura se reduz 6,5ºC a cada 1000 metros, e os raios solares ficam mais violentos ainda, podendo causar fadiga ocular e maior facilidade de se queimar. A bola realmente corre mais rapidamente. Nessas condições de baixa pressão atmosférica, a resistência do ar é menor, pois a bola desacelera menos, o que aumenta a velocidade em que ela corre. Para você ter ideia, ao nível do mar uma bola chutada a 100 km/h, depois de 20 metros diminui a sua velocidade para 58 km/h, enquanto em La Paz(3600 de altitude) ela chega a 69 km/h. Por isso os goleiros têm que redobrar a sua atenção quando jogam nessas condições. O relevo brasileiro não é muito alto, ao contrário de algumas cidades de alguns dos nossos vizinhos, como: La Paz, Quito, Oruro, El Alto, Bogotá, Cusco, Potosí, etc. Apesar das nossas equipes serem melhores do que as deles, o fator altitude faz uma imensa diferença. Você conseguiria imaginar a Argentina tomando aqueles 6 x 1 da Bolívia jogando dentro de casa? Certamente seria bem pouco improvável.


    Lê mais em: https://www.academiadasapostasbrasil.com/points/add-article