Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
United States, the best promotions, bonuses and bookmakers available at:
Take these offers now!

Presidente da LaLiga fala de vetos de casas de apostas

Presidente da LaLiga fala de vetos de casas de apostas

Referente a publicidades, presidente da LaLiga comentou sobre o veto de casas de apostas.

por Academia   |   Comentários 0

Nesta nova temporada do Campeonato Espanhol, o Presidente da LaLiga resolveu falar sobre os vetos de casas de apostas nas publicidades dos clubes. O campeonato organizado pela LaLiga teve que se adequar ao Decreto de "Publicidade de Jogos de Azar", no qual o Ministro do Consumo, Alberto Garzón, foi favorável ao veto de publicidades das casas de apostas nas camisetas dos clubes da LaLiga.
 
Faça parte do nosso canal no Telegram - Clicando AQUI!

Embora o Campeonato Espanhol tenha se manifestado contrário a esse Decreto, a proibição já entrou em vigor na Espanha. Portanto, Javier Tebas, Presidente da LaLiga, comentou a respeito desse veto das casas de apostas nos uniformes dos clubes da LaLiga. Em sua visão, os clubes do Campeonato Espanhol irão perder milhões de euros com esse Decreto, ainda mais nessa fase de superação da pandemia global.
 
Em uma entrevista recente, Javier comentou: "O valor foi de aproximadamente 90 milhões de euros, mas o mundo de NFTS, entre outros, já vem substituindo esse alto valor que pagaram e em breve poderemos compensar com outros direitos".
 
Confira todos os JOGOS DE HOJE e acompanhe ao vivo!

Dentre essas perdas monetárias, Tebas ainda aproveitou para comentar sobre o impacto que o Campeonato Espanhol teve com a saída de Lionel Messei do Barcelona para o Paris Saint-Germain. O craque de futebol, há tempos é considerado um dos melhores jogadores de futebol do mundo, e ao lado do Barcelona, fazia com o que o Campeonato Espanhol tivesse um enorme prestígio no mundo do futebol. Entretanto, Tebas comentou: "Bom, já se foi Cristiano Ronaldo, já se foi Neymar e estamos subindo, como vimos os números no painel. Preferimos ter Cristiano Ronaldo, preferimos ter Messi, mas o impacto não é significativo".
 
O Campeonato Espanhol, a LaLiga, se encontra em sua nona rodada. Portanto, a primeira divisão do futebol espanhol deve continuar suas próximas 29 rodadas em meio a esse assunto turbulento sobre a proibição de publicidades de casas de apostas.
 
O comentário de Javier é referente às novas diretrizes do governo espanhol. No início do ano, foi anunciado uma série de restrições sobre a publicidade de casas de apostas nos uniformes dos clubes pertencentes à LaLiga. Dessa forma, ouve o anúncio da proibição das publicidades de jogos em boa parte dos canais de TV.
 
Portanto, a abordagem do governo espanhol resultou em algumas dificuldades para as associações esportivas no país. Por exemplo, o mercado dos jogos é um grande parceiro do Campeonato Espanhol, acumulando 35% de patrocínios nos uniformes dos clubes da LaLiga.
 
Na época que surgiu o Decreto, o presidente-executivo da Jdigital, Andrea Vota, comentou sobre o assunto, enfatizando: "As principais medidas do Decreto Real que regulamentará a publicidade de jogos online ainda não entraram em vigor, então não pudemos ver seus efeitos imediatos. No entanto, sempre enfatizamos que a principal consequência desta regulamentação é a proibição, de fato, da comunicação comercial desta atividade na Espanha".
 
Além disso, Vota comentou sobre o fato da proibição levar a um aumento dos jogos ilegais no país: "Estamos preocupados que esta proibição apenas leve a um aumento do jogo ilegal na Espanha, deixando os usuários e, especialmente os grupos mais vulneráveis, desprotegidos contra empresas que não cumpram as medidas de segurança e proteção que os operadores licenciados que representamos respeitam".
 
Durante o mês de julho, quando o órgão regulador da Espanha apresentou o Decreto em conjunto com os novos regulamentos para a Comissão Europeia, um forte burburinho começou no setor dos jogos. A própria Jdigital, na época, respondeu a proposta dizendo ser uma "perplexidade". Em seu argumento, a Jdigital descreveu a proposta como "uma lei ideológica, sem suporte em dados ou estudos".

Conheça as melhores casas de apostas esportivas online!


, ,
Enviar comentário

Comentário (0)