ONLINE
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saber mais.
  The best bookmakers at: I want to seize these offers now!

Pequenas dicas que fazem toda diferença – Parte II

Pequenas dicas que fazem toda diferença – Parte II

Na sequência desta série de artigos, daremos mais dicas de como se comportar em uma mesa de poker.

por Academia   |   Comentários 0

1 – Interaja com todos na mesa

Esta dica pode parecer estúpida, mas certamente lhe ajudará no longo prazo.
 
Ser um jogador amável e falante na mesa, certamente me trouxe vários benefícios na carreira. Inicialmente, me abriu portas para jogar diversos jogos privados, que são majoritariamente compostos por jogadores recreativos e fracos. Além do mais, ser amigo desses jogadores faz com que você tenha action por parte deles. Estimule uma competição saudável com eles, elogiando as mãos que você perde e sendo elegante ao vencer. A pior coisa que existe em uma mesa de poker são aqueles jogadores que vencem e ainda dão falinha em quem perdeu.
 
Aquela imagem do profissional de óculos escuros e fones de ouvido, não falando com ninguém e sempre mantendo uma aparência séria, não lhe trará muitos benefícios.
 
Na verdade, muito antes pelo contrário, creio que fará com que jogadores ruins e fracos passem a evitar você, já que terão uma imagem sua de jogador centrado, regular, possivelmente winner, o que é péssimo para os negócios.
 
Portanto, minha dica é: seja um jogador social na mesa, converse com todos, seja amável, mas saiba peneirar os assuntos e não passar informações desnecessárias ou que possam lhe trazer prejuízos mais para frente. Jamais converse sobre estratégias ou debata mãos na mesa, pois outros regulares estarão atentos e podem usar estas informações contra você!
 
Antes de tudo, lembre-se: poker é um jogo de informações incompletas, quanto menos souberem sobre seu jogo e como pensa o esporte, melhor!

Daniel Dornelles


Pequenas dicas que fazem toda diferença – Parte I 

, , , , , ,

Partilhar "Pequenas dicas que fazem toda diferença – Parte II" via:

Enviar comentário

Comentário (0)


 
p